28/07/2011

O AMOR E O OUTRO




No amor o outro não existe,ou melhor, não passa de uma invenção,elaboramos uma personalidade que preenche um certo corpo,fingimos,aceitamos e nos apaixonamos por nós mesmos. A imaginação é a marca do amor,o fingimento não assumido é sua realidade. Acariciamos com o olhar a obra de nosso devaneio de nossa necessidade de estarmos com o outro e ao mesmo tempo de não nos afastarmos de nós mesmos. O AMOR é Angústia de uma procura que nunca se iniciou,é Morte de um outro que simplesmente se apresentou,é Ódio do próprio desejo,e por fim é o Ridículo do encontro com a própria face...Mesmo assim meu amor ainda amo-te mais do que antes.