07/09/2011

ÓDIO VERDADEIRO



Quando o amor é verdadeiro a gente perdoa.
Quanto ódio é verdadeiro a gente esquece.
O perdão é sempre repleto de ressentimento.
O esquecimento é sempre a indicação de algo novo.