11/08/2012

SIMPLESMENTE



Quando fui,você tinha voltado.
Quando compreendi,você revolucionava.
Enquanto gritava,você com voz suave se fazia entender.
Enquanto chorava,você sorria da própria tristeza.
Quando pensava em liberdade,você corria sem fugir.
Quando pensava que tudo era possível,você já tinha feito.
Enquanto admirava seu olhar,você percebia o mundo.
Enquanto achava,você já sabia.
E quando desconfiava,você já tinha mudado.
Com  ódio pensei que era mais,
Com  amor você foi muito além.