12/08/2012

SOMENTE



Espero que a luz no fim do túnel não me deixe mais cego.
Que a escolha seja feita por quem pronuncia a palavra.
E que na decisão não haja resquícios de compaixão.
Lamento que não esteja presente, enquanto sonho.
Arrependo-me pelo que não fiz ,pois deve-se experimentar ao máximo.
Vivo, por exitir mais alguém que também vive.
Baixo a cabeça, por receio de perder o contato com a terra.
Desligo o telefone para aumentar o contato
Fico triste,porque a felicidade não basta.