02/09/2012

VENHA


Eu quero tudo que tenha pra me dar
Do ódio a risada
Do beijo a mordida
Da cama ao piso.
Do grito ao suspiro
Do sexo ao comprimido.

Não tenho restrição,
Não tenho preconceito,
Pode vir com jeito ou sem,
Com fome ou sede,
Com um, dois ou mais desejos.
Sem medo de ser feliz,
E de me fazer infeliz.

Por você;
Eu suporto a dor,
O frio o calor e a solidão.
Não existe traição,
Quando tudo se acaba em um instante,
Ou quando dura pra sempre.

Por você eu suporto a eternidade,
Só é difícil suporta o instante sem você.
Mas se for pra ter só um, esqueço de todos.
Só não posso esquecer do que nunca tive.

Por isso venha,
Ou deixe eu ir,
Ao seu encontro,
Com fogo e com lenha.
Sem esqueiro,e sem fósforo.