24/02/2013

DE VOCÊ


Preciso saber de você,
Te ver faz meu dia melhor,
Faz a vida ser menos cansativa.

Quem falou que as coisas passam,
Esqueceu de dizer que antes elas destroem,
E só resta o movimento de decomposição.


Já sou outra pessoa e mesmo assim você está aqui,
Dentro da cabeça e dos sonhos.
Por dentro e por fora de minha imaginação.

Não sei quando é seu aniversário,
Quem é o alguém que lhe faz companhia,
Nesse momento que estou só.

Quanto a você não faço julgamentos,
Gosto do seu jeito,mesmo sem saber
Se é realmente seu, ou minha invenção,
Gosto de imaginar,assim, sem fazer esforço.

É meio louco ou louco e meio
É assim sem saber o que,
Disfarçado e sem ser.