16/02/2013

MOMENTOS E LAMENTOS


Quanto tempo passou
E só se percebe quando se foi
É muito rápido,mas demora,
As vezes nem se chega a notar,
Que todo o amor já era,
E o que resta é a presa de morrer
Que jamais se quer admitir.

Com meus vinte e muitos anos,
Já sei que a infância é passado distante,
Que a juventude faz a gente se perder,
E a vida de adulto é troço cansativo,
Que aos poucos vai matando as flores do nosso jardim,
E cultivando a morte como em um velho cemitério.

A vida é feita de momentos,
Não lamente muito o que não deu certo,
Passe para o próximo.