20/05/2013

DIA A MENOS



Um belo dia lhe disseram
que a vida é bela e os homens perversos,
que a noite assusta e melhor é o dia,
que deus mora no céu
e ao mesmo tempo em todos os lugares.
Que precisamos de companhia pra toda a vida.
E a felicidade dos outros deve ser a nossa.


Você acreditou e eu também,
Tivemos medo e choramos a noite inteira,
mas enfrentamos e abrimos os olhos no dia seguinte,
sabendo que não deixa de doer,
que cada dia é um dia a menos,
E mesmo assim o beijo não perde o gosto,
E o olhar sempre podem brilhar.
                                                                             

18/05/2013

LINDA NOITE


A noite guarda segredos,mistérios e olhares, que não se revelam por completo. Linda...Com sua pele clara, sombreada pelo véu da noite. Seus lábios de um delicado vermelho, contrastavam com seus olhos negros de brilho inconfundível, mesclando convicção e incerteza, paixão e desapego. 

Ela estava esperando alguém ou algo. Mas nada de relevante acontecia; os carros seguiam o trajeto; pedestres andavam vagarosamente em direção as suas rotinas. E a noite seguia imóvel a mover os destinos sem rumo. Tudo era igual as noites anteriores, menos ela...Quase imóvel...Até que começou a andar a ponto de sair do território que constituía a praça. E se foi. E a praça ficou desabitada, mesmo com tantos a ocuparem o deserto. 

16/05/2013

TRAGÉDIA, PALCO DA VIDA.


Com esse rosto bonito,
Dá até pra acreditar,
Em suas mentiras,
Mas é só medo disfarçado,
Quando tudo vai mal
Você inventa essas historias,
Se sente insegura e mente pra si,
Não suporta o próprio caos
Prefere  vestir-se de rosa ,
E imaginar que quando amanhecer,
Tudo estará  da cor de sua mentira,

Faça o seguinte, durma
Mas antes assista o mesmo filme,
Aquele que tudo dá certo,
Assim vai ser mais fácil,
Afastar os pesadelos.

Nem em seus melhores sonhos
O mundo é assim.
Tenho minhas crises,
Mas isso não impede
De sorrir, mesmo sabendo,
que a tragédia é o palco da vida.

PERFEÇÃO





Encontro perfeito,
Ela chegou tarde,
Não falou uma palavra,
E morreu nos  braços,
De seu amante devasso.


Um grito gemido de prazer,
Era só sexo,
Nada menos do que esperava,
Não se pode ter tudo,
Mas no momento era perfeito.

Ela tinha o  beijo suave,

o membro fazia parte de sua boca 
se dissolvia,  desfazendo-se  o vigor,
e do tamanho que era pouco restou.

A mulher em traje de deusa,

Se desmanchava na cama,
Sua veste de pele alva,
aquecia sem queimar.

Como se não houvesse amanha,

Cada movimento anunciava sua morte.
a morte de duas almas de carne e osso.


14/05/2013

FILME: CLUBE DA LUTA



Filme carregado de propostas defendidas até as últimas conseqüências. Seqüência de socos, desferidos em corpos que rastejam por medo de se erguerem, por prudência e responsabilidades éticas, que impelem a formação de seres atrofiados.


A imagem raquítica no espelho da vida. Faces pálidas, onde o sangue parece não circular nas veias e artérias. Estão mortos ou coisa parecida. Sair da prisão,do conforto da vida monótona,sair de frente da televisão da poltrona. Sair de casa e detonar os muros da ignorância empenhada em se proteger da revolta.

A hipocrisia socializada paralisa os movimentos e a única solução é assistir um filme ou novelinha qualquer, só para não ver o tempo arrastando os corpos para uma morte certa. O que fazer: assistir o filme novamente? Parar de seguir receitas? Ou se convencer que não há nada de errado?


Um soco na consciência crítica de parasitas, acostumados a confortos ilusórios e receitas de como viver bem, dentro de uma sociedade hipócrita e medíocre.

Os ratos da história,corpos podres de rostos anêmicos, adaptados as várias situações,aprendendo a sempre dizer sim senhor,a baixar a cabeça e seguir as recomendações dos manuais. Buscando diplomas e certificados. 

Somos a bunda alva da criança a espera da palmada para seguir o caminho indicado. Nosso lema é "obedece,para ser obediente,para continuar obedecendo." 

O clube da luta. Dois homens de cada vez. Aqui o rato que bate ponto no trabalho, aprende que a dor não é o problema mas o convite.


11/05/2013

INTERVALO



É um bom caminho
Que leva do nada ao nada,
Onde nada se leva
E pouco se deixa.


É a vida cheia de amores e partos,
De dores e alegrias,
Sem motivos 

Nem ponto de chegada.


Sonhe acordada,
De olhos bem abertos.
Um olhar diz tudo,
O seu abriu a imaginação.


Um cisco no olho,
não pode se fazer paisagem,
Se não encontrar,
por breve momento,
Foi possível ver.


10/05/2013

MEDO DA SOLIDÃO


Tem um mistério no andar,
Um milagre no  olhar.
Deseja companhia pra ser feliz,
Mesmo a felicidade sendo pouco.

Tem medo de ficar só,
Que a vida não tenha sentido,
que a  beleza não seja suficiente,
para lhe garantir um casamento seguro.

Tenta alcançar a perfeição,
A luz  que realce seus traços,
e que o príncipe não fale palavrões,
Não sabe que a perfeição cansa,
que a luz não obedece
e  as vezes é preciso gritar.

02/05/2013

APRENDIZAGEM


Com o tempo aprendi;
delicadeza não é fraqueza,
a dor é sentida de formas diversas,
a angustia tem muito de liberdade,
e o livre arbítrio é obra de ficção.

Com o tempo aprendi;
as palavras não dizem tudo,
o silêncio expressa, mas não basta,
a beleza é única mas não tudo,
e apesar dos pesares vale o esforço.

Com o tempo aprendi;
a revolta aproxima,
não adianta arrepender-se
deve-se criar sem medo,
e  a vida se desenvolve,
não pelos constrangimentos e medos
mas pelo enfrentamento cotidiano.
Aprendi que não se aprende a viver,
que cria-se um mundo novo ao recriar-se a si mesmo.

01/05/2013

PROFUNDO


Não importa,
nada é relevante,
O beijo é puro esquecimento.
Estou sensível a tudo,
me conte uma boa história,
só quero o seu carinho,
mas nada de consolo.

Estou um pouco tonto,
sem jeito pra dizer,
sem saber o que é meu,
se foi a curva ou a velocidade,
que me deixou sem chão.

Agora estou indo,
não sei se volto,
quando estiver triste,
vá bem fundo e tente voltar
é que ser feliz cansa.

VIDA DE MOTOTAXISTA



Ficar na praça esperando o tempo passar e o dinheiro chegar. Vários mototaxistas,sem assunto,mas com tempo de sobra pra esperar o tempo passar. A praça a igreja a farmácia e os mototaxistas, esperando os passageiros e a espera do tempo que parece não passar

Na mente; toda a paciência do mundo. O que fazer quando só se pode esperar? Quando esperar é o que se faz ? Ele corre a procura de passageiros,corre parado,olhando para todos os lados,faz sinal pra um,tenda deitar no bando da praça,mas o banco não foi feito pra deitar,o banco é pra servir a quem espera o tempo passar.

E quando sai em sua moto, tem de obedecer aos sinais de trânsito,ao tamanho dos carros e a vontade daquele que o paga, ou seja,ao itinerário do passageiro. O mototaxista é aquele que não faz a sua própria viagem,ele pode no máximo escolher,um caminho um pouco mais curto ou mais longo,pra ganhar mais tempo ou mais dinheiro,pra alimentar a prole e a si,pra continuar esperando.

LIGADOS



Hora de acordar,
desde o primeiro dia,
as coisas não deram certo,
toda essa luz ,
as vozes e o silêncio.

sempre estamos sozinhos,
mas é bom ficarmos juntos,
estou aqui bem perto,
não me olha assim,
não é pra durar,
é só uma diversão
que as vezes machuca.

A gente se acostuma,
e pensa que é pra sempre,
mas não é pra durar,
quanto mais tempo leva,
menos se consegue.

Siga em frente,
Te amo por existir,
se casar, não esqueça de fugir,
a vida deve ser caminho,
se não for é melhor parar de vez.

Aperte com força minha mão,
o seu corpo termina
quando começa o meu,
estamos ligados mas não presos.