18/06/2013

TEMPO E ESPAÇO.


Busca-se paz e tranquilidade,
Amores calmos e prestativos,
Pra tudo parecer com o final do filme,
Uma perfeita farsa de amor e tédio.

Mas o que embala os corações e mentes
É o desconforto de um amor imperfeito,
É a vida sem rumo e sem jeito,
No  calor de  corpos descontentes,
E  mesmo assim amantes,
Sem precisar ser pra sempre.

Deite-se aqui ao meu lado,
Não me deixe dormir,
eu só adormeço quando se ausenta,
Não vá sem antes dar aquele beijo,
Que é pra eu lembra,
Que só fica desinteressante,
Quando tenho muito tempo,
E sem você ao meu lado
O tempo é só distancia.