02/08/2013

CRISE

Ontem,você chorou,estava só e cansada,abandonada  por si própria. Pensava  em tudo e mais alguma coisa. Deitada e com o rosto encostado no travesseiro,não sabia o que fazer. Quase dormiu,mas a tristeza não deixou. E você continuou quase imóvel. O corpo falava sem você entender o que se passava . No tempo se moveu  e na ultima lágrima um gemido de desconforto. Desejava passar o dia chorando,mas não havia mais o que despejar. Era hora de ajeitar a bagunça,colocar os móveis atirados contra a parede,em seus novos lugares. mesmo que depois,tivesse que mudar tudo outra vez.