09/08/2013

RISCOS



Sonha-se com a felicidade,
Em ter um grande amor,
E viver em paz,
E de bem com todos.

Mas aos poucos ver-se que não é possível,
Que a felicidade é ideia velha,
Que o amor logo é desfeito ,
Que a paz é sempre imposta,
E que tentar agradar, cansa.

Tudo que era quieto se embaralha,
A mente se encontra perdida,
E os sonhos parecem conflitar com a realidade,
Mas tudo faz parte do mesmo cenário.

A vida humana nunca é reta,
E na realidade cabem ideias e sonhos,
Onde o que não é acerto pode funcionar,
E o que não funciona acaba valendo o sopro.

Corremos para não chegar,
Amamos e nos enganamos,
Choramos pelo afeto ,
E sorrimos por não haver motivo.

Brigar não resolve,
Mas pode ser um caminho,
Na verdade tudo nos leva a algum lugar,
De onde é um risco tanto ficar quanto partir.