17/09/2013

SEMPRE PARTINDO




Tirar lições do que acontece no nosso dia-a-dia é uma das tarefas mais complicadas. Aos poucos passamos a possuir tantas conclusões que pra onde olhamos, enxergamos impossibilidades. Talvez o interessante mesmo, seja não fazer aparecer uma daquelas ideias fechadas que fazem tudo parecer explicado e concluído . 
Analisar os fenômenos sem uma consideração final,divagar,não esperar que seja,mas continuar desejando. O que acontece na vida de triste,alegre,não deve ser visto como ponto de chegada,mas de partida. E quando chegamos,ai não interessa mais,pois não,  estaremos presentes para ver.