31/10/2013

QUANTO TEMPO...



Quanto tempo de frente ao espelho
buscando a melhor pose ?
Quantas fotos tiradas para parecer 
com artista famoso ?
O que assusta,
em face de tanta maquiagem ?
O que fazer com os músculos ,
se  as balas são mais rápidas ?
É impossível saber o certo,
Não há segunda chace,
Cada oportunidade é única.
A vida é leve e contrariamente,
quase insustentável.
Por isso, ouse e não tente repetir,
Sinta e desconstrua os preconceitos,
Vá além e quando cansar não queira, 
que sua parada seja a de todos.
Aceite as paixões mas não para fugir de si,
Tente aumentar as possibilidades 
e não restringi-las.
Não encare nada como receita,
Todo acontecimento é único 
e só por farsa repete-se,
Cometa o crime que for,
mas tente não condenar.
As maiores infrações são as não cometidas.
Tudo que é vivo,morrerá,
por isso não se imagine imortal.
A consciência um dia apaga,
e o esquecimento faz sua parte.
Na história as eras aparecem e somem ,
E o que não desaparece na história, 
acaba-se com ela.

29/10/2013

ANGUSTIA



A minha angustia,
não é medo da vida,
nem receio da morte.
É essa liberdade mórbida,
Em que tudo pode,
e nada é permitido.

28/10/2013

LADO A LADO


Sei que é senso comum,
Mas meu bem, você me renova as forças,
quando te vejo, posso voar,
logo em seguida me estatelo no chão,
mas quando chega perto,posso ir longe,
Não existem limites e medos,
Sinto tudo mais fluido e vivo,
num espaço só nosso e livre, 
entre as árvores e os muros,
sentindo a brisa do mar e sem receio 
de ser invadido no instante,
pelo  próprio ser que grita 
que há um mundo novo pra se viver,
Aqui onde os olhares se encontram,
O tempo imóvel  admira,
Os corpos golpeiam-se,
os deuses morrem,
o sexo cria,
a respiração fala,
e a natureza destrói o mundo.

PÁGINA DA IMAGEM

27/10/2013

BONITA




Como é bonita a beleza
que não gasta-se de frente ao espelho,
sai a rua,diz bom dia,
ou leva consigo o silêncio .

26/10/2013

UM SINAL DE VIDA



Um poema,
um verso ao menos,
pra aclamar 
ou sufocar de vez.
Uma palavra,
Um som ,
Um sopro,
Um sinal de vida,
Um grito,
Um gemido,
qualquer coisa,
que é pra saber,
se ainda é desse mundo,
ou se já posso morrer.




PROLONGAMENTO



Menina do olho azul,
feita mulher como anjo caído,
passou em minha vida,
e deixou no sorriso
Um mar de vida.

Leve essência,
com seu recato,
Seu jeito,
E delicada sensualidade.

Uma flor,
humanidade
quase perdida,
aqui tão perto,
como se não fosse,
uma outra pele 
que não a minha.


INDO E VOLTANDO


Indo embora,
com um vazio do tamanho do mundo,
a ilusão de encontrar algo
que se perdeu,mas não foi longe.

Voltando,
Para o lugar do qual nunca partir,
com alguns anos a mais,
e uma esperança morta.

Indo e voltando,
num caminho que nunca percorri,
Num percurso que já passei
que aceito e teimo em não querer.

Mais perto do fim,
E sempre mais distante,
Será que vou chegar a conhecer ?
E se chegar o que restará ?


25/10/2013

TER E SER



As pessoas tem tudo para se realizarem,
celulares e companhia
Aparelhos televisivos e entretenimento,
Relógios e a hora certa,
Internet e informação,
Genitálias eletrônicas e prazer.
Números da emergência e segurança
Escolas e conteúdos desnecessários,
Carros e velocidade
Empregos e pouco tempo,
infelicidade e  produtos,
Mas não percebem;
que a tristeza é mar de si mesmo.


21/10/2013

ESTRANHO



O  estranho na vida
É que ninguém pede pra nascer
E cresce ouvindo que é errado
dar fim a própria vida,
e vive-se correndo com medo dos riscos,
Como um morto vivo
que não decide o começo o meio e o fim.

18/10/2013

A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER...OLHARES.






"Todos nós temos a necessidade de sermos olhados. Podemos ser classificados em quatro categorias, segundo o tipo de olhar sob o qual queremos viver.

A primeira procura o olhar de um número infinito de pessoas anônimas, em outras palavras, o olhar do público. 

A segunda categoria são aqueles que não podem viver sem ser o foco de numerosos olhos familiares. São os incansáveis organizadores de coquetéis e jantares, mais felizes do que os da primeira categoria, que quando perdem seu público imaginam que a luz se apagou na sala de suas vidas. E o que acontece a todos, mais dia menos dia. 


Vem em seguida a terceira categoria, aqueles que têm necessidade de viver sob o olhar do ser amado. A situação destas pessoas é tão perigosa quanto a daquelas da primeira categoria. Basta que os olhos do ser amado se fechem para que a sala fique mergulhada na escuridão. 

Por fim, existe a quarta categoria, a mais rara, a daqueles que vivem sob o olhar imaginário dos ausentes. São os sonhadores."

Retirado do livro: A insustentável leveza do ser.
Autor: Milan Kundera. 


16/10/2013

QUASE NADA



Teu olhar faz sonhar,
A noite passa e o sonho morre,
Pra morrer é preciso nascer,
Tudo que nasce morre,
E o que resta, está pra morrer,
Toda vida é curto espaço de quase nada,
Que enquanto dura, sangra,
Líquido de prazer e dor.

15/10/2013

PARABÉNS PROFESSOR




Parabéns...Parabéns...parabéns professor:hoje é o seu dia,o dia em homenagem ao profissional que mais se sacrifica pelo bem comum,afinal , ensinar, exorcizar, dar tratamento psicológico, aconselhamento familiar, serviço de babá, servidão voluntária,depósito de discursos de auto ajuda e uso de técnicas de defesa pessoal, por um salário miserável,não é pra qualquer um. Só você sabe como é ser insignificante e ao mesmo tempo elogiado por seu trabalho revolucionário; como é ter o seu ego acariciado e ao mesmo tempo ser desrespeitado, cuspido e estuprado; como é ser o herói e o vilão da história;como é ganhar o salário de fome e ainda no trabalho não poder lamber os restos da merenda escolar. Você professor é o herói sem máscara,a puta que só tem o buraco do cu,o mestre sem noção e o culpado por tudo que não dar certo. Você é o cara professor,o cara de tacho, o cara que não encontrou outra alternativa,o cara fodido pela chefia,mas que tem sempre a capacidade de “puxar o saco” indiscriminadamente. Professor hoje é o seu dia,mas os outros 364, nem pensar.

14/10/2013

UMA VIDA BASTA


Vida é teatro,
Teatro é vida descortinada,
No palco da vida ,
Cada coisa é só uma vez,
E não dar pra saber;
Se é certo ou errado,
Se vale apena ou é desperdício,
Se choraremos ou cairemos no riso.

Na vida, acaso é milagre
Sonho faz parte,mas não dura,
felicidade,melhor não,
Alegria sim, não tem preço.

Vida é morte que se anuncia,
sem precisar de alarde,
Quando chegar,não estaremos,
Voltando a ser o que éramos,
Quando nada era.


Uma vida,
É Melhor que duas,que nada,
e quando não suficiente,
nada que o nada não resolva.

13/10/2013

MEU MOTIVO



Meu motivo é você,
Em minha vida tem um lugar seu,
Mesmo que não esteja lá,
E que tudo no mundo seja novo.

O meu motivo é o seu olhar,
que afeta os sentidos,
Ilumina os passos,
E foge do alcance.

No fluxo e refluxo da vida,
Nas batidas e nos intervalos,
No som e silêncio ensurdecedor 
Você aparece e some.

Meu motivo é um acaso,
Quase como improvável presença,
Em face dos múltiplos percursos,
Que agora parecem cruzar teu caminho.


12/10/2013

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS





A beleza da resposta das crianças é que elas não tem resposta pronta ,assim a vida pode ser qualquer coisa,já os adultos, sabem o que,quando e onde,ai a vida vira masturbação e impotência.

Hoje não é dia das crianças...criança não tem um dia específico...criança é todo dia...hoje é só mais um dia idiota dos adultos...com suas fotos idiotas de crianças.

Criança é todo dia...não tem dia é toda hora...não tem hora é todo tempo.

Feliz dia das crianças para todos os adultos imbecilizados,babacas em fotos de criança.

INOVANDO



Não...não preciso encontrar
Me acho melhor perdido,
correndo para não chegar,
Sonhando e esquecendo,
Amando e vivendo,
Dormindo sem rezar,
Junto mas não para sempre,
aventurando-se no próprio caos,
fazendo do mundo,
palco de novas experiencias .


PARA ALGUMAS MÁSCARAS CAÍREM,OUTRAS DEVEM SER USADAS



Sempre é tempo,
de correr com eles,
de viver sem medo ,
de admirar as diferenças ,
e viver sem motivo.

Fazendo valer,
Pelo grito e pela força,
Não  da violência cega,
Nem como uma prece,
Mas na caminhada dos mascarados
que fazem cair os disfarces dos algozes,
dos protetores de armas em punho,
dos donos e defensores dos bons costumes.



ESPERA DE POEMA




Espero o poema,
que venha de dentro,
e voe para longe.

Poema que carregue consigo,
essa sensação que não rasga nem alivia,
que não chora nem cai de alegria.

Um poema explosivo,
feito de sangue e suor,
de sonho e desapontamento.


CONTO DA ILHA DESCONHECIDA





LIVRO: CONTO DA ILHA DESCONHECIDA.

AUTOR: JOSÉ SARAMAGO


Conhecer a si,não deve ser entendido como exercício de introspecção. É mais um tipo de aventura pelo mundo em passos que nos levam ao desconhecido e a nós mesmos.




" Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter,ter deve ser a pior maneira de gostar."

"Disseram-me que já não há ilhas desconhecidas,e que mesmo que as houvesse não iriam eles tirar-se do sossego dos seus lares e da boa vida dos barcos de carreira para se meterem em aventuras oceânicas ."

" Quero encontrar a ilha desconhecida,quero saber quem sou eu, quando nela estiver."

" Se não sais de ti,não chegas a saber quem es ."

" todo homem é uma ilha. É necessário sair da ilha para ver a ilha,não nos vemos se não nos saímos de nós."

" A ilha desconhecida fez-se enfim ao mar,à procura de si mesma."

01/10/2013

NEGRA




Negra como o céu,
Crua como a vida,
Deusa do pecado,
Demônio dos sonhos.




TUDO E NADA


Te darei o mar,
se lá você estiver,
te darei o finito,
Pois o infinito demora,
E não quero lhe ver cansar.

Darei o carinho,
que é mais pra mim,
que pra você.

Darei o que não se pode guardar,
O abraço , a verdade do silêncio,
e os meus dias mais felizes.

Darei os sonhos,
que não duram mais que uma noite,
E a noite que não é minha nem sua,
mas que é como presente,
embrulhado no escuro de olhos cerrados.