12/10/2013

PARA ALGUMAS MÁSCARAS CAÍREM,OUTRAS DEVEM SER USADAS



Sempre é tempo,
de correr com eles,
de viver sem medo ,
de admirar as diferenças ,
e viver sem motivo.

Fazendo valer,
Pelo grito e pela força,
Não  da violência cega,
Nem como uma prece,
Mas na caminhada dos mascarados
que fazem cair os disfarces dos algozes,
dos protetores de armas em punho,
dos donos e defensores dos bons costumes.