06/11/2013

É SÓ PULAR




Em cada palavra,
Em toda linguagem
Há algo não dito,
Fúria,
Loucura,
Desvairo,
Sexo contido.

Em cada gesto,
Um mundo fala,
E outro esconde,
Violência,
Carinho,
E doses de afeto.

Meu amor ,
que não é meu,
pular no abismo,
É sempre fácil 
e o mais difícil.