08/11/2013

ENTRE O TÉDIO E O FIM


Não sei de vários assuntos;
Sobre os temas básicos,
e mais complicados,
Sobre aqueles que ninguém sabe,
e os quais todos tem algo a dizer.

O que sei é um jogo,
Brincadeira pra passar o tempo,
Desvio de qualquer coisa séria,
Riso em forma de palavra,
Verso perdido do poema.

O que sei é que acaba
Antes de terminar,cansa,
Entre o tédio e o fim ,
Há as vezes quase uma eternidade,
Que pode ser resolvido rápido,
com uma boa noite de sono,
que começa com uma bala.