02/12/2013

MEU IRMÃO

        

          
          Meu irmão,
          a vida não é grande coisa,
          mas só percebemos 
          quando a juventude passa, 
          o mar fica perigoso,
          a estabilidade objetivo de vida,
          a saúde preocupação,
          a aposentadoria assunto,
          e o amor casamento.
          Você como poucos,
          soube aproveita os bons dias,
          misturando o amargo e o prazer ,
          belas mulheres e drogas,
          sexo e overdose,
          o sagrado e o profano,
          de modo a saborear o pecado,
          e daquele leve engano
          de que há algo além,
          mas que não passa,
          de mentira de menino,
          que deseja provar tudo,
          inclusive a farsa.
          Se hoje  é condenado,
          pelos atos de rebeldia,
          não há motivos 
          pra arrependimentos.
          Se ainda é possível tentar,
          então vá em frente,
          caso contrário,
          faça como desejar.