07/12/2013

VERDADES E MENTIRAS




Sou verdadeiro até quando minto,
Um mentiroso falando verdades,
contando que o efêmero é belo,
a paisagem bonita,
o amor importante,
a vida desinteressante,
os santos fantoches mortos,
os demônios temidos,
as realidades inventadas,
as criações esquecidas,
as mulheres usadas como objetos,
as putas despidas como deusas,
os deuses falos transcendentes, 
o gozo afirmação do corpóreo,
a arma criação dos inocentes,
o beijo criatividade do cínico,
a religião comunismo dos fracos,
o comunismo religião dos assassinos.