27/08/2014

A LÓGICA E O SEM SENTIDO




O teu ciume 
O meu desprezo
A tua raiva
O meu sorriso 
O teu sonho 
A minha vida 
O teu amor 
O meu amanhecer
O teu medo 
Os meus passos
A tua sabedoria
O meu não sei 
O teu carro 
O meu voo
O que era é teu
Agora não tem dono
Nem eu.